Diário de Bordo do Grupo Arte Simples de Teatro. Sobre a pesquisa e linguagem do grupo, relatos e informações sobre a Residência Artística que realiza na comunidade de Heliópolis desde Março de 2009.

sexta-feira, 13 de março de 2009

NOSSO ENCONTRO COM HELIÓPOLIS

O Grupo Simples de Teatro nasceu há três anos e desde então procura, através de sua pesquisa, criar um canal de comunicação direta com seu público, tendo como objeto provocador levar nosso trabalho aonde o público está.

O grupo entrou em processo de pesquisa em fevereiro de 2008, cujo ponto de partida veio do projeto Moitará, no qual propúnhamos um intercâmbio cultural com jovens atores que residem nas 11 cidades da baixada maranhense e fazem parte de um dos diversos projetos que a ONG Formação atende no Estado do Maranhão. No decorrer do processo, o grupo se deparou com a surpresa de termos adiada a nossa viagem para apresentação dessa peça, decorrente de problemas alheios à nossa vontade e à vontade da ONG Formação.

Com o pensamento do grupo fortalecido, e acreditando que toda dificuldade gera criatividade, fomos à procura de um lugar perto da nossa realidade onde pudéssemos levar nosso trabalho sem perdermos as características primordiais do objetivo para o qual toda pesquisa foi traçada.

Foi com imensa alegria que chegamos a Heliópolis e descobrimos que esse objetivo encontrou seu destino, o que nos anima com a certeza de que todos os caminhos se abrem quando abrimos a nossa percepção para podermos enxergá-los.

Um comentário:

Neudson disse...

Muito boa a iniciativa...temos que ser reponsáveis por nossa realidade e por mudá-la também... A única maneira de enfretarmos a crise é garantir que todos possam ter dignidade e isso se faz ampliando o conhecimento, fortalecendo a identidade e proporcionando escolhas...Parabéns e saudades sempre!!!!

Neudson Penha - Por um moitará mundial!!!!